PUBLICIDADE
ANUNCIE: ☎ 54 3614 2118
FENAE
Amostra Visual dos Alunos do CRÁS 2017 encerra nesta sexta em Rio dos Índios
A exposição teve início no último dia (08), no plenário da Câmara de Vereadores, com o objetivo de expor os desenhos que foram realizados pelos alunos durante o ano.
Os trabalhos expostos são resultado de exercícios com os alunos durante o ano I Rádio Rio fm - Fotos: Gustavo Azevedo







A exposição de artes “Amostra Visual” que tive início na semana passada se encerra nesta sexta-feira (08). Durante todos os dias, o plenário da Câmara Municipal de Vereadores foi aberto na parte da tarde no horário das 13h:00min as 17h:00min, para a visitação do público em geral.

Conforme a Oficineira do CRAS Jéssica Ramos, os trabalhos expostos são resultado de exercícios a partir da observação de fotografias nas aulas de desenhos com alunos a partir dos 12 anos, e até da própria fotografia nas aulas de artes com alunos de 7 aos 11anos.




A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e área interna


A exposição conta com trabalhos do primeiro exercício de percepção de natureza morta da turma de desenho da Escola Estadual de Ensino Fundamental João Cipriano da Rocha Loires. Já as turmas de desenho do CRAS de Rio dos Índios que se encontravam a 7 meses (de abril a novembro) realizando atividades já percorrem um percurso em que iniciaram estudos de rosto, corpo, incluindo também uma técnica de pintura chamada aquarela.

Com a turma de Artes também da Escola João Cipriano da Rocha Loires trabalhou-se o uso das tecnologias contemporâneas em sala de aula, utilizando-se da fotografia. 

Jéssica disse que o objetivo das aulas de desenho foi mostrar aos alunos que todos eram capazes de realizar desenhos artístico-realistas, muitos chegavam frustrados tendo em mente que não saberiam desenhar. Isso foi recorrente nas aulas, o que é natural, pois muitos estudantes sentem-se envergonhados de seus desenhos, por acharem ainda infantis é nesta etapa que foram incentivados a persistirem, pois desenhistas não são seres dotados de um talento especial, é sim é resultado do estímulo de seus olhares, não dominado por estereótipos, ou formas pré-concebidas que em nós foi introduzida. Porque colocamos um ponto para definir a anatomia do olho de uma pessoa se ao olharmos para ela percebemos que não é assim, deixamos aqui este questionamento.



A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo



De mesmo modo em que se tentou constituir o real significado do desenhar, trabalhou-se com a linguagem fotográfica, vista por muitos como uma técnica na tentativa de dominação do aparelho. Fotografar é um ato que põe em ênfase o olhar do fotógrafo e foi este o objetivo que abrangeu as criações dos estudantes fazer com que fotografassem a partir dos princípios compositivos, organizando os elementos no quadro da câmera e capturando a cena. Compondo também fotocolagens os alunos poderiam criar a partir de elementos visuais, inspirados na artista Eugênia Loli projetou-se universos imaginativos, surreais.  
   
Ainda segundo ela, os alunos foram atendidos através de um dos programas do CRAS- SCFV, o qual possui um caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades dos usuários, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais. Ofertado de modo a garantir as seguranças de acolhida e de convívio familiar e comunitário, além de estimular o desenvolvimento da autonomia dos usuários.


A imagem pode conter: 2 pessoas




A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna




A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e área interna





Rádio Rio FM I Fotos: Gustavo Azevedo