PUBLICIDADE
ANUNCIE: ☎ 54 3614 2118
FENAE
Rio Grande do Sul tem 20 casos suspeitos de febre amarela em investigação
Nesta semana, Estado confirmou a doença em um morador de Jaguarão



Após a confirmação do primeiro caso importado da doença no Rio Grande do Sul em quase 10 anos, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) divulgou, nesta sexta-feira (23), o novo boletim epidemiológico sobre a febre amarela.

Desde julho do ano passado, foram 27 casos notificados — sendo 16 só neste ano. Conforme a SES, seis deles foram descartados e 20 seguem em investigação.

Nesta semana, o Estado confirmou a doença em um morador de Jaguarão. O homem de 27 anos, que não estava imunizado, viajou a Minas Gerais em janeiro e foi até regiões de mata.

Com o aumento de casos no país, o Ministério da Saúde está estudando a ampliação da campanha de vacinação para todo o Brasil.



Febre amarela no Brasil 


 — Entre 1º julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela no país, com 164 óbitos. Ao todo, foram notificados 1.773 casos suspeitos, sendo que 685 foram descartados e 422 permanecem em investigação. 
— O maior número de mortes aconteceu em Minas Gerais, com 77 óbitos e 264 casos confirmados. Em seguida aparece São Paulo, com 57 mortes e 208 casos, e Rio de Janeiro, com 29 óbitos e 72 casos confirmados.

Veja onde há casos confirmados
Distrito Federal (1) 
Minas Gerais (264) 
Rio de Janeiro (72) 
São Paulo (208) 
Rio Grande do Sul (1)

Estados que registraram óbitos
Distrito Federal (1) 
Minas Gerais (77) 
Rio de Janeiro (29) 
São Paulo (57)




ZH