PUBLICIDADE
ANUNCIE: ☎ 54 3614 2118
FENAE
Tricolor gaúcho vence o Bahia na Arena Fonte Nova
Maicon e Thaciano marcaram os gols na vitória de 2 a 0

Maicon marcou o primeiro gol do Grêmio na Fonte Nova | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP




O Grêmio sofreu, mas conseguiu segurar o Bahia e conquistou uma importante vitória por 2 a 0 na tarde deste domingo na Fonte Nova em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o Tricolor chegou a assumir a vice-liderança do Brasileirão com 16 pontos – a quatro do líder Flamengo –, mas no decorrer da rodada, caiu para o terceiro lugar, ultrapassado pelo Cruzeiro, que soma os mesmos 16 pontos, porém com uma vitória a mais.

Maicon, no rebote de um pênalti perdido por ele mesmo, marcou o primeiro gol da partida aos 10 do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Bahia pressionou, mas a defesa do Grêmio foi segura e manteve o resultado. Nos acréscimos, Thaciano aproveitou jogada de Everton no contra-ataque e fez o segundo. O próximo compromisso tricolor é na quarta-feira, às 21h45min, diante do Palmeiras na Arena.


O jogo


Pressionado por ter entrada na zona de rebaixamento na última rodada, o Bahia mostrou desde o começo do jogo muita intensidade na marcação. Com algumas entradas fortes, o time da casa tentou parar o Grêmio, que mesmo sem apresentar um grande futebol conseguiu terminar o primeiro tempo em vantagem.

Sem Luan, Thonny Anderson foi escalado como o meia central pelo técnico Renato Portaluppi. E ele apareceu bem logo no começo do jogo. Aos 6 minutos, Thonny deu o passe em profundidade para Everton, que bateu na saída de Douglas e mandou para fora. A arbitragem, porém, impedimento no lance.

Everton voltou a aparecer aos 9 minutos. Ele cruzou do lado esquerdo para Ramiro, que foi derrubado por Lucas Fonseca dentro da área. O árbitro Péricles Cortez marcou pênalti. Sem Luan, Maicon foi para a cobrança. O goleiro Douglas chegou a defender no primeiro momento, mas o capitão pegou o rebote e mandou para o fundo das redes, 1 a 0.

O gol do Grêmio fez o Bahia sair mais para o jogo. A equipe da casa até conseguiu pressionar, mas pouco finalizou. Marcelo Grohe terminou o primeiro tempo com apenas uma defesa, em chute de Júnior Brumado da entrada da área que não levou muito perigo.

Mesmo com maior qualidade, o Grêmio também chegou pouco. No último lance da primeira etapa, Ramiro teve a chance em rebote após cruzamento de Cortez, mas mandou por cima do gol de Douglas. Ramiro acabou não voltando para o segundo tempo por uma entrada que sofreu no tornozelo. Lima entrou em seu lugar no intervalo.

Se no primeiro tempo o Grêmio sofreu pouco defensivamente e controlou o jogo, a etapa final começou diferente. Com muita velocidade, o Bahia conseguiu se impor e passou a ameaçar o gol de Marcelo Grohe.

Logo aos 4 minutos, Zé Rafael fez jogada individual e foi derrubado por Bressan na entrada da área. Régis não teve sucesso na cobrança e acertou a barreira. Logo depois, Régis chutou da entrada da área, a bola desviou em Kannemann e se perdeu pela linha de fundo quando Grohe estava batido no lance.

O Bahia seguiu pressionando e teve uma grande chance aos 24 minutos. Em falta batida de forma ensaiada, a defesa do Grêmio marcou mal e a bola chegou a Vinícius, livre, na marca do pênalti. O jogador baiano, porém, chutou por cima do gol do Grohe.

Renato Portaluppi fez mais duas mudanças no Grêmio na tentativa de ganhar velocidade para o contra-ataque. Thaciano e Pepê entraram nos lugares de André e Thonny Anderson. Mas foi Everton quem criou uma boa oportunidade em velocidade. Ele puxou o contra-ataque e tocou para Thaciano, que deu o passe, mas Lima se descuidou na linha de impedimento e perdeu a oportunidade de ficar cara a cara com Douglas

O Grêmio seguiu postado em seu campo defendendo o resultado nos minutos finais. O Bahia pressionou, mas não conseguiu transformar a posse de bola de quase 70% na etapa final em chances de gol. Vinícius voltou a ter a oportunidade em seus pés, mas chutou fraco para defesa tranquila de Grohe aos 37.

O Bahia foi para o tudo ou nada nos minutos finais e deu ainda mais espaços para o Grêmio. Aos 42, Lima tentou o passe para Thaciano e Nino Paraíba apareceu de carrinho para salvar o time baiano. Nos acréscimos, porém, o segundo gol veio. Everton fez a jogada pelo lado esquerdo e cruzou, Douglas chegou a tocar na bola, mas Thaciano apareceu para empurrar a bola para o gol, 2 a 0, placar final da partida.








Fonte: Correio do Povo