PUBLICIDADE
ANUNCIE: ☎ 54 3614 2118
AL/RS
Fifa antecipa prêmio de melhor do mundo e terá Ronaldo, Kaká e Parreira votando
Copa do Mundo terá peso maior na escolha


Cristiano Ronaldo foi o vencedor do prêmio em 2017 | Foto: Ben Stansall / AFP / CP




Ronaldo Fenômeno, Kaká e Carlos Alberto Parreira serão membros de um grupo de ex-jogadores e treinadores que escolherá os melhores do mundo do futebol em 2018. A Fifa anunciou nesta quarta-feira que o prêmio será anunciado no dia 24 de setembro, em Londres. Uma primeira lista preliminar será elaborada pelos três brasileiros, além de Fabio Capello, Frank Lampard e outros cinco craques. Eles escolherão dez jogadores que, então, disputarão o título de melhor do mundo. A votação começará no dia 23 de julho, uma semana depois da Copa do Mundo conhecer seu vencedor.

Em comunicado, a Fifa deixou claro que o Mundial na Rússia será fundamental na decisão dos especialistas. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que se revezam como vencedores do troféu há dez anos, já foram eliminados da competição realizada na Rússia. Salah, outro concorrente, também já deixou a Copa. Mas teve uma campanha exemplar pelo Liverpool. Neymar, Mbappé, Suárez, Cavani, Kane, Griezmann, Philippe Coutinho e Hazard são outros que estão na briga e que levaram suas seleções às quartas de final do Mundial da Rússia.

Tradicionalmente anunciando os vencedores da premiação no final do ano ou no início do ano seguinte, para também considerar a atuação em campeonatos na América do Sul, a Fifa modificou o calendário do prêmio. O gesto foi interpretado como um sinal claro de que o centro das atenção é mesmo a Europa. O voto será dividido em quatro categorias. Cerca de 200 jornalistas terão um peso de 25% no resultado final. O voto de capitães de seleções também terá um peso de 25%. Torcedores poderão votar pela internet e, assim como os demais, terão peso de 25%. O restante ficará com os técnicos de cada uma das seleções.

Entre as mulheres, o grupo de especialistas incluirá a brasileira Sissi, Mia Hamm, Sun Wen e Maia Jackman, entre outras. Neste ano, a Fifa ainda distribuirá prêmios para melhor goleiro, melhor treinador, melhor treinadora, para o gol mais bonito do ano e para a melhor torcida. A seleção do ano também será anunciada em setembro.







Fonte: Correio do Povo